domingo, 27 de julho de 2008

Loucura


e perguntam por aí. ou afirmam. que loucura! ele é louco! sim. sei. mas na verdade o que é a loucura? alguém aí consegue explicar o que é e como acontece?

hum, foucault. ótimo. mas, necessariamente, por sermos humanos, estamos fadados a nossos minutos de loucura? ou estamos loucos comparados a alguma coisa?

em determinados surtos, percebe-se que a pessoa realmente é descontrolada. melhor, está descontrolada. mas o que fazer quando isso se repete muitas e muitas vezes?

aceitar a loucura? entrar nela? discutir com o outro?

talvez a loucura seja a via de acesso a um mundo ao qual não pertencemos. e nos condenamos a ficar nele.

essencial pra sobrevivência. o problema é quando atrapalha o outro...e o outro é obrigado a entrar na loucura...

Um comentário:

poetinha disse...

talvez seja a realidade numa forma mais ou menos sutil? ou apenas o encontro do louco com a medicina?