sábado, 23 de maio de 2009

notícias e manchetes

Leio as notícias pelos jornais e sites todos os dias, então era para eu já ter me acostumado com determinadas matérias ou contextos socias. Mas mesmo tentando me acostumar, dizendo a mim mesma, "ah, esse mundo está perdido mesmo, o que há de se fazer", eu tenho a impertinente ideia de pensar sobre os fatos e me questionar, e questionar aqueles que também já estão acostumados, calejados de pensar. Enfim. Gosto de passar na banca e ler as manchetes das revistas, de todas as revistas, sejam elas de fofoca ou não. E as manchetes de jornais e sites. Sim, porque a partir disso seleciono aquilo que realmente é importante ler. Mas confesso que as manchetes e chamadas das revistas de fofoca sempre me chamam mais a atenção. Não por eu gostar desse tipo de informação, não. Muito pelo contrário. Mas pelo fato de que por essas manchetes temos plena consciência de que os fatos que deveriam ser relevantes são repassados a segundo plano, distanciando ainda mais valores e informações da leitura social. Pois bem. Apenas algumas considerações e manchetes: "Jonas Brothers visitam o Cristo Redentor - religiosos, os cantores americanos fizeram questão de tirar foto junto ao Cristo" Certo. Em primeiro lugar: acredito que realmente esses trios e grupos americanos fazem sucesso, enloquecem fãs e etc. Mas quem diabos são esses caras para ocuparem um tamanho de manchete e mais de 27 fotos em um site? São famosos. Sim. Só isso. Porque talentosos não são mesmo. E formam opiniões contundentes. Aí sim. Essa é boa. Os caras pregam a virgindade, Deus e o respeito ao pais e ao próximo. Radicalizaram pregando o "anel da pureza" para que todos se mantenham intactos até o casamento. Tudo aquilo que a sua avó acharia ótimo. Ou aquela sua tia solteira. "São moços bons, pra casar, minha filha..." Ótimo. Esqueçam a questão de Deus e da virgindade. Não vou nem tentar discutir isso.... contudo, os pais dessas meninas enloquecidas deveriam dizer: "filha, olha, legal... mas saiba que existe no seu país um cara chamado chico buarque. tem um outro chamado milton nascimento. não filha, você não tem que gostar de coisas "velhas"...não não. mas saiba que existem esses caras. goste do "jobros", mas seja fã de quem realmente valha à pena, tá?" Outra situação: Luciana Gimenez na capa da revista Caras dizendo que fará sucesso em Hollywood. Com quem essa criatura terá filhos agora? Porque veja bem, uma pessoa que tem um programa chamado superpop e entrevista casos assombrosos de fofoca dizer que fará sucesso em hollywood é pedir que os deuses do cinema tenham uma síncope. mesmo que a parte histórica do cinema já tenha ido pro buraco, não devemos esculhambar. Mas tudo bem. Se babamos em qualquer ator idiota americano que venha pra cá, porque eles lá não podem fazer o mesmo né? direitos iguais.... Caso Maísa. Sabe que eu nunca me liguei no programa do sílvio. nunca vi o "Pergunte à Maísa". Mas me causou uma certa curiosidade as manchetes que saíram sobre o caso em que a menina saiu correndo do palco, chorou e etc. Então, vi o programa em que isso aconteceu. E realmente é assustador. O Sílvio Santos? sim. ele também é. cantar em coro com a plateia "medrosa medrosa" pra uma menina de seis anos que gritava histéricamente porque tinha um menino fantasiado de monstro no palco foi horrível. Falta limite e ética. Falta vergonha mesmo. Madonna e Jesus: claro. só jesus poderia chegar perto da diva. Jesus agora está perseguido por todos em todos os lugares. Quase ocupando o lugar do Pai. e o pior: indo contra o mesmo frequentando o centro de Cabala. (Deus deve estar puto com ele). E aparecendo em todas as manchetes. "Jesus fez isso, Jesus fez aquilo...". Porra, o cara é Jesus, mano! Faz o que tem vontade: transforma água em vinho e Madonna no seu caso. E nem São Tomé duvidaria disso. "Brad Pitt desmente crise de casamento". Hã? Ele então pode ser considerado o novo herói dos relacionamentos: quem, em sã consciência não estaria em crise casado com uma mulher extremamente maluca, com seis filhos e sendo alvo de todos os holofotes? Parabéns, Brad Pitt. Se você não está em crise, devemos acreditar que sim, dinheiro traz felicidade. E outra coisa: uma manchete como essa não faz sentido algum. Olhe pro seu próprio rabo e veja o seu relacionamento. Pare de ler notícias como essa e tente ao menos fazer o melhor possível por você e pela pessoa com quem você está, porque meu querido, você não tem o tanto dinheiro que o Brad Pitt tem, então fatalmente ao ler essa manchete, você entrará em crise... Deixei por último a manchete que mais me tocou: "Grazi foge à tradição e mora junto antes de casar". Hã??? Que qué isso, minha gente...por favor. Em que século estamos? Alguém aí pode me avisar? A Grazi é uma graça, linda, educada e humilde. Tá morando com o Cauã Reymond. Outro cara que é uma graça, lindo, educado e humilde. Não é natural que os dois ficassem juntos? "Simmmm" - plateia. E não é natural que morassem juntos? "Simmmm" - plateia. Então, me diga, por que esse bafafá todo em torno da quebra da "tradição" católica, apostólica, romana que prega a virgindade e o amor verdadeiro só se for abençoado pelo representante de Deus na terra: o padre? Em que ano estamos, por favor? Ou a gente evolui, ou realmente vamos morrer de falta de noção, de verdade. Quantos e quantos casais se casam nas leis morais, perante à Deus e são extremamente infelizes juntos? Ah, por favor! Isso não é manchete que se apresente. Se bem que, refletindo um pouco tenho a sensação de que algo se perdeu nesse meio tempo: os valores pessoais, a ética. Sim, estou falando da questão humana da coisa: se os meios de comunicação não voltam a essa questão tradicional, quem voltará? Os homens estão perdidos em meio às infinitas escolhas possibilitadas pelo mundo hoje. Consomem tudo que podem, até uns aos outros. E descartam-se rapidamente nessa sociedade efêmera. Bulimia social mesmo. Então, os meios de comunicação vão lá e se aproveitam dessa carência que assola a maioria das pessoas: a solidão, mesmo em um mundo superpovoado. A solidão interna, aquele vazio profundo que parece ser preenchido momentaneamente quando lemos essas manchetes de que pelo menos os "outros" são felizes, são famosos, fazem o que querem. O que incomoda mesmo é pensar que isso, essas informações surtem efeitos terríveis. Esquecemos quem somos de verdade e o que queremos. Deixamos de fazer escolhas pra escolher igual ao fulano ou ao ciclano famoso... As mulheres frutas estão aí pra provar que esse mundo está comestível mesmo. Mas indigesto. E a manchete que eu gostaria de ler seria: "Cultura bate recorde de investimento no país - museus, cinematecas e bibliotecas estão surgindo em todas as cidades brasileiras" Mas pelo que vejo não surtiria efeito algum. Não para uma maioria que ainda discute pessoas e esquece de discutir ideias e novos projetos.

2 comentários:

b-r arqui-design disse...

todos nós somos uma espécie de primata bípede Homo sapiens, pertencente ao género Homo, família Hominidae. Entretando alguns são humanos e outros seres humanos. não acostumou ainda? há! POr Deus ODete, Por Deus. E só por ele...

Dan disse...

Vivemos num mundo consumista, consumista até da vida de outras pessoas, infelizmente temos que nos acostumar que COSUMIR substituiu a palavra EXISTIR.